"Alma limpa, amor na transversal...
Planejando o (in)certo"


11 de agosto de 2017

Sobre sentir raiva

Não sou de sentir raiva...
Sou mais propensa a afetividade e toda magia que envolve este meigo mundo...
Mas acordei com raiva...
Se crio dimensões paralelas sou responsável por elas...
Não dá pra sentir hoje, dês-sentir amanhã é voltar pra Nárnia...
A vida é isso que acontece enquanto estamos dispersos no que achamos que somos e de fato nunca seremos...
A vida nos surra com as duas mãos e nem por isso desistimos, corremos ou vivemos o matrix...

E não, não é complicado... Complicado é o que é irreversível, tipo despertar a raiva de Márgara num pós operatório...

Lais padeceu uns 6 meses dissemos prateleira, estamos bem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário