"Alma limpa, amor na transversal...
Planejando o (in)certo"


26 de julho de 2017

Sobre (des)esperar (des)apegar

Ô coração!
Se existe alguma normativa que sabe nos dizer, o que fazer...
Paire sob minha alma...
Vos rogo, vos peço, interceda...
É com muito clamor, sabedoria que peço para enfrentar os dias que virão...
Nossos corações talvez não aguentem... 
Talvez fiquem felizes, plenos radiantes e  solícitos com uma novidade...
Tento não criar expectativas, tento não imaginar o que seria se ficássemos juntos...
Quero teu beijo, teu abraço...
Teu desespero...
Quero você por inteiro...
Talvez não seja possível...
Talvez demore...
Talvez não saibamos...
Pois, não imploda, não faça drama, lembre-se sempre de mim...
Me de bôdias imaginários e diga genteeeeee....
Te amo...
Seu sempre passado presente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário