"Alma limpa, amor na transversal...
Planejando o (in)certo"


17 de março de 2014

Mulher maravilha





Não, ela não poderia ser...

Se fosse seria menos sentimental,
rápida e precisa...
Sem dúvidas, ou passível de arranhões...

Ela está dormente, dormente com a ausência de tocar...
Dormente pela ausência de se doer...

Ela está indo bem, maravilhosamente bem...
Sem fulgas, culpas ou amenidades...

Ela está sorrindo, rindo, indo...
PARTINDO!

Um comentário: