"Alma limpa, amor na transversal...
Planejando o (in)certo"


26 de junho de 2012

Delon g a ssssssss




Sabe aqueles acasos, casados do destino?!
A menina parece gostar de muito, mas é detalhista é boca grande, fala de mais e se arrepende, não pelo que foi dito, mas como e a quem foi destinado aquele ribeirão atrapalhado de letras...
A menina era mais culta, delicada, minimalista, entusiasta
Hoje em dia só é, sem premissas e mais...
A menina vive emburrada com um nó na garganta e um sorriso na cara
A menina se diverte, roda, balança, vai e vem e não consegue...
A menina se aborrece e chora com uma frequência absurda: Cada sopro de vento é um moinho de emoções esmagando seu pequeno-grande coração...

Nenhum comentário:

Postar um comentário