"Alma limpa, amor na transversal...
Planejando o (in)certo"


29 de março de 2012

"Eu abri minha janela e em meio aquele turbilhão encontrei estrelas..."

Moro em um casa singela afastada da muvuca e do ar quente que abafa nossos pensamentos, 
moro com meus encontros, desencontros, acertos, confusões e uma imaginação muito fértil.

Sou de um amor incondicional, pensamentos insanos, loucura solta:
 de cores que não estão não paleta.

Sou de palavras certeiras, amigos reais e vida intensa
intensidade essa que estou tentando amenizar a passos
L A  R    G    O          S.

Gosto de batom colorê, abraços apertados e palavras de carinho, gosto muito de coisa que não estão no gibi, roubo figurino de épocas passadas e vivo momentos tão meus que não consigo definir, e essa falta de definição... 





Nenhum comentário:

Postar um comentário