"Alma limpa, amor na transversal...
Planejando o (in)certo"


3 de abril de 2011

Não há explicação, não há!


Eu acordei, e perdi o meu medo o meu medo da chuva... Chamem a menina de Amaralina pois se sabe que ainda se pode sonhar!
Trechos rachados do Tio Raul

Vamos acordar, ousar, e requebrar, porque?
Ah, explicações -as minhas são minhas as suas são tuas.

Eie construa uma casa de vidro...
Mas jamais more nela!
Prefira rochas mas não exorbite, nem precisa ser um castelo...
Construa laços fortes...
Mas saiba desfazelos...

Tenha amigos, seja carismatico -mas se lembre- confie em poucos tema o restante!
De todas as dicas a mais valiosa, precisa e definitiva.

O intuito é um o intento é outro!
A problematização funciona assim: você pega os ditos e considerados amigos e coloque na berlinda -é, "cê" tá lendo isso mesmo- um sempre será o tal: O implacavel! Mas você sempre dirá eu te amo a todos...

Um é seu mentor,
o outro a bolsa a tiracolo,
ah, não pode faltar o conselheiro, e os demais?

Aqueles que se arrastam, a multidão que curte seu gingado, nem fala tua lingua mas é adepto"zinho" do teu estilo ou daquele teu sapato super retrô!Acha um luxooo aquela camisetinha de tecido trash! Ou seja procuram o BAPHOOO e no momento vocé é isso...!

No meu tempo -como se eu tivessse 40 anos, rs- ser cool, descolado e desindexado era sinonimo de: ousado, inteligente, magrelo, armação de massa, fumante e leitor assiduo receptor de informação e contestador das mesmas!

Confesso: ainda prefiro essa geração, mas.... Como sempre, deturparam tudo os alternativos nào são mais os truezão 0/ Não conhecem Allan Poe, Oscar Wilde entre os demais, eles não entendem a essência dá música, música é música, seja samba, rock, trip hop, MPB, regaee -e pego pesado- até o vulgo sertanejo, não generalizando claro!

Música é mais que estilo ou qualquer coisa é o que você é naquele momento e interpreta é o que você sente, e tem a capacidade de ser exclusivamente único só seu, música deveria acresentar, tornar coisas coloridas, divertidas volltar ao cenario bucolico!

Eu não desprezo tudo que é novo, só não dá pra aceitar tudo guela abaixo!
Eu falo porque fui da geraçãozinha tosca de vaca brava, all star cano alto, pentagrama e vinho barato, graças engoli um pouco de cultura no Goiânia ouro e no chorinho!
Sim tenho um passado meio perdidinho, idiota e pouco proveitoso!

Daí, que aos 15 anos de idade meu primeiro contato "com as grades", como tive vontade de ir embora, me disseram cresca e apareça, cresci apareci e nada vi
Algo parecido escrito pelo Tio Renato

Pois é parece tudo tão graçinha, mas não é.

Eu vi coisas, convivi e convivo com elas, não dá pra mudar isso, não dá pra moçada chegar em mim e achar que é simples que eu posso ser outra...
Geral tá assustado comigo, mas essa sou eu em carater essencia e diguinidade e volto a dizer não é pra aceitar tudo que digo de pronto, gosto de ser:

Rebatida,
Contestada
Corrigida
E por fim exclusiva
aloka
alaka

ALAKÍSSIMA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário