"Alma limpa, amor na transversal...
Planejando o (in)certo"


18 de abril de 2011

Caso de (d)anos...



Não me fales de casos de amor, isso pra mim soa assim: meio que calado, suado, casos de danos...
É tão discreto assim que não dá pra perceber?
Tão negativista que só serve pra machucar?
Eu tenho meus modelos
Meus andar leve
E meu coração meia boca
Partido
Quebrado
Que a muito não se entrelaça
Meu coração meia boca sabe falar de amor então
Sabe brincar desse joguinho tosco
Sabe dançar calado, zoar desligado
Embalar acalmado
Sou?
Sou!
Sou.


Sou e vou!

Não me venha  então você coração boca cheia falar de qualquer coisa então
não preciso de suas estratégias em vão, muito menos dessas paixões
meu caso de danos passou! 

Virou caso de anos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário