"Alma limpa, amor na transversal...
Planejando o (in)certo"


18 de março de 2011

Segundo Round não há




Eu sou limitada de mais pra não aceitar as mudanças das pessoas?
Eu sou dependente de mais?
Geniosa?
É

Mas tem uma coisa que tenho percebido: Certos "amigos" meu me tratam de forma estranha com menos afeto, os ditos melhores amigos... Bom deixei eles existirem, mas no fundo sempre foram aqueles: os de infância, os que souberam te compreender -sem cobrar - os que nunca te deixaram só: Seja falando no msn, seja presente, seja te escrevendo uma carta, te dizendo tudo com os olhos

A GANANCIA MALDITA, ISSO ESTRAGA O MUNDO

Me encontro mas uma vezes machucada por pessoas modelos arbitrários dessa sociedade...
Não falo de todos mas...

EU ME MACHUCAR

Isso também não é novidade alguma!
Essa PORRA não é novidade nenhuma quem dera que fosse...

Sim eu to frustrada, e sem terapia e sem amigos com quem contar, de forma explicita e sincera sim, eu sento, vou pro canto e fumo meu cigarro sozinha, tem momentos que agente gosta, mas...
Não dá, eu detesto isso, eu já me sinto mal por uma pancada de coisa, daí me preocupar com pessoas que eu particularmente adoro, mas que nem dão a mínima pra mim?

Ah já foi o tempo!

E aquelas pessoas que quando você tava por cima não largava do seu pé, todo final de semana tava na balada com você - e balada lá faz sentido pra gente com vida sem motivo? -

EU SOU FRACA E ME ADIMITO ASSIM!

Infantil não, peço desculpas quando necessário, aceito as mesmas quando preciso, dou apoio, corro pro abraço e ainda assim ser desdenhada?

Odeio gente falastrona, dramalhona e o que estou sendo agora?
O avesso do que mais odeio!

Porque? Por que é assim a gangorra não sobe e desce?

Quero pessoas presentes que saibam subir e descer, porque esse é o meu pior: GOSTAR DE MAIS, MIMAR, FAZER LOUCURAS, IR ATRÁS, SER AMIGA, CONFIÁVEL E DESCONFIÁVEL NÉ? mas tá chega!

Sem encrenquinhas, picuinhas e infantilidade!
Querem me ajudar? Acho que já sabem o que fazer?

Se não souberem faz assim: cuida de você, zela do seu narizinho, não me irrita com essa porcariada que todo mundo tá cheio e acha o cumulo falar sobre só pra ser o tal!


EU NÃO QUERO SER MERDA NENHUMA

Faço as minhas coisas e se algo mudar não será influência, será coisa minha!

Todos novos deveríamos olhar pra frente e saber dizer não!
Ninguém sabe de nada, eu não sei como é ser você, e você muito menos como é ser EU!

Talvez eu seja só uma garota interrompida...

III ROUND ENCERRADO!

2 comentários:

  1. As vezes as mudancas das pessoas nem sempre estão relacionadas ao próximo. Somos seres humanos que sempre mudamos, nos reciclamos. Mas talvez até tenhamos algumas atitudes mais 'agressivas', mas o carinho, continua aqui. Não pense que quando alguém estiver de mal humor, ou não estiver em um bom dia, não siginifica que te odeia, ou que não está do seu lado, eu falo por mim. Por mais que tenhamos divergentes opniões, e que não seja o mesmo de algum tempo atrás, eu estou aqui, seja nos momentos bons, e também nos ruins. Não ache que as coisas são dessa forma, que as pessoas só estão do seu lado quando você era uma "badaladeira", porque acredito que amizade que começam assim, terminam rápidas, vazias, e isso não é o caso de nós. Pense que não é um "round" apenas mudanças cotidianas, e opniões diferentes, só aprenda a não se adaptar tanto com as pessoas de AGORA, porque o amanhã nunca se sabe meu amore!

    Um beijo, se cuide sempre!
    Mesmo que um dia estejamos separados, estaremos juntos...do nosso jeito, mas estaremos! Te amo <3

    ResponderExcluir