"Alma limpa, amor na transversal...
Planejando o (in)certo"


3 de setembro de 2010

Luzes Da Cidade

Eduardo Dussek

Vi seu olhar, seu olhar de festa
De farol de moto, azul celeste
Me ganham no ato, uma carona pra lua

Te arrastei, estradas, desertos
Butecos abrindo e a gente rindo
Brindando cerveja, como se fosse champagne

Todos faróis me lembram seus olhos
Durmo a viajar entre lençóis
Teu corpo fica a dançar
No meio do nosso jantar
Luz de vela

Aventurar por toda cidade
A te procurar por todos lugares
Pintam ciúmes na mesa de um bar
Mas você sente e começa a brincar
Diz, fica frio meu bem é melhor relaxar
Palmeira no mar

Nenhum comentário:

Postar um comentário