"Alma limpa, amor na transversal...
Planejando o (in)certo"


2 de setembro de 2010

Coragem

Coragem, tudo que não tenho e preciso
talvez com um pouco disso em algo me acrescente
em algo eu me apresente!
Não suporto essa não vida e essa fuga cognitiva
estou presa nos meus próprios braços
na minha própria canalhice e falta de objetividade
Não quero mais viver, mas não sei mas como desistir!
Espero em um dado momento me permitir!
Quero nesse meus gritos de morte uma vida e um sorriso verdadeiro...
Será que alguém pode me ajudar?
Será que eu posso me ajudar?


Morri

Um comentário: