"Alma limpa, amor na transversal...
Planejando o (in)certo"


13 de julho de 2010

Rumo a vodka!



Onze dias direto na internação, nunca imaginei que tão sem rumo ficaria pra que tal ocorresse assim em um repente!
Em um repente louco uma garrafa de vodka
Laminas caíram, sangue se espalhou pela casa...
Contida eu fui e de soro precisei...
Minha vaidade ferida foi, ferida com um punhal repugnante, sou vaidosa e gosto das minhas coisas caras de fato!
Sou um lixo que toma um remedinho que não tá ajudando muito, estou proibida de levar minha vida noturna, tá né?
Esse post é uma merda, é assim que eu estou!
Cansada um lixo e ouvindo a mesma música repetida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário