"Alma limpa, amor na transversal...
Planejando o (in)certo"


13 de junho de 2010

24 horas


Confusa em desejos, limitada em palavras, estou tão distante de mim e indecisa dela!
Por um momento leve e segura...
Queria que isso durasse mais que 24 horas...

24 horas sentindo algo
24 horas menos vazia
24 horas de sorriso espontâneo
24 horas de felicidade
24 horas de verdade
24 horas de sonho
24 horas de fidelidade

Não pelas horas, mas pelo que o tempo simples e voraz é capaz de fazer, ele nos devora com uma capacidade tão grande que 24 horas não siguinificam nada...
Mas ainda assim eu queria, preferia...

Me calo,
me canso,
me jogo,
me lanço.

Estou perdida no espaço
na minha própria temporalidade
na minha falta de realidade...


Hora/Ora essa!
Quem dera um momento a mais...
48 horas de paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário